Negociação:
Locação  
Locação Vendas
Tipo de imóvel:
Tipos de imóvel  
Tipo de imóvel:
Tipos de imóvel  
Cidade:
Caxias do Sul  
Todas as cidades Balneario CamboriuCambara do SulCampestre da SerraCaxias do SulFarroupilhaFlores da CunhaGramadoTramandaí
Cidade:
Caxias do Sul  
Todas as cidades Antonio PradoArroio do SalBalneário CamboriúCanelaCapão da CanoaCapão Novocaxias do sulCaxias do SulCriuva CurumimFarroupilhaFlores da CunhaGramadoJaquiranaNova PetrópolisNovo HamburgoPicada CaféPorto BeloRondinhaSão Francisco de PaulaTerra de AreiaTorresTramandaiXangri-Lá
Bairro:
Bairros  
Bairro:
Bairros  
Selecione uma cidade
Busca por código:
Faixa de valores:
Dormitórios
Suítes
Banheiros
Vagas
Imóvel Mobiliado

Novidades

Como manter seu pet em condomínios e apartamentos

– Enviado em 05/10/2015

É comprovado que quem tem afeto e carinho por algum bichinho, se sente mais feliz. Porém um animal de estimação requer planejamento. Para as pessoas que moram em lugares como condomínios e apartamentos, por exemplo, os cuidados devem ser redobrados.

Primeiro, procure conhecer as regras do lugar onde você vive e se informe sobre as condições necessárias para ter um animalzinho no novo lar. Em segundo lugar verifique qual a raça que mais se encaixa com o ambiente em que você vive. Animais de porte médio e grande não se adaptam muito bem a apartamentos.

Confira mais estas três dicas importantes para ter uma boa convivência com o seu animal de estimação e seus vizinhos:

1. Elevador: é preciso tomar alguns cuidados especiais para manter o ambiente sempre higiênico para todos os moradores. Na maioria dos prédios, a regra básica é que o animal só pode utilizar o elevador se estiver no colo do seu dono, e de preferência no elevador de serviço.

2. Barulho: É da natureza dos animais emitirem sons para se expressar e se comunicar, e impedir isso é quase impossível. Porém, alguns cuidados podem ser tomados para evitar transtornos com a vizinhança. Em primeiro lugar, é preciso analisar as causas do barulho (com fome, entediado, assustado ou até mesmo estressado). Ensinar o comando “quieto” desde filhote também pode evitar diversos problemas. O que também ajuda muito é passear com o seu animal diariamente pelo menos duas vezes por dia para controlar a ansiedade e tensão do seu bichinho.

3. Sujeira: é questão de higiene e educação que o dono se responsabilize pela sujeira deixada pelos animais, seja em lugares públicos ou privados. O indicado é todas as vezes que sair para passear com seu bichinho levar uma pá e um saquinho para recolher as necessidades deixadas no local.

4. Passeio: passear várias vezes ao dia com o seu pet é valido para diminuir o estresse do animal e a sujeira deixada no seu apartamento. Crie uma rotina, por exemplo, passeie de duas a três vezes por dia. Assim como nós, seres humanos, os animais também se adaptam a rotinas diárias.

Para quem é dono de algum animal de estimação e pretende viver em harmonia com a vizinhança, a melhor maneira de prevenir possíveis transtornos é respeitando o espaço do outro e as suas necessidades do bichinho.

« Voltar para novidades

Blog

7 Dicas para a mudança de casa ou apartamento

Organizar uma mudança não é uma tarefa tão simples, além de ser um pouco chata! Por isso, separamos algumas dicas para[...]
Leia mais...

VÍDEO | Quanto mais alto é o andar do apartamento mais caro ele fica

O especialista e fundador dos sites Canal do Crédito e Resale, Marcelo Prata, fala sobre o valor agregado no imóvel de[...]
Leia mais...

Mudanças em Taxas aproximam você da Casa Própria

      Após 17 meses de congelamento das taxas de juros e consecutivas reduções no limite para financiamento de imóveis,[...]
Leia mais...
Rua Visconde de Pelotas, 381, Centro - Caxias do Sul / RS
54 3289 2900