Negociação:
Locação  
Locação Vendas
Tipo de imóvel:
Tipos de imóvel  
Tipo de imóvel:
Tipos de imóvel  
Cidade:
Caxias do Sul  
Todas as cidades Balneario CamboriuCambara do SulCampestre da SerraCaxias do SulFarroupilhaFlores da CunhaGramadoTramandaí
Cidade:
Caxias do Sul  
Todas as cidades Antonio PradoArroio do SalBalneário CamboriúCanelaCapão da CanoaCapão NovoCaxias do Sulcaxias do sulCriuva Criúva (Caxias do Sul)CurumimFarroupilhaFlores da CunhaGramadoJaquiranaNova PetrópolisNovo HamburgoPicada CaféPorto BeloRondinhaSão Francisco de PaulaTerra de AreiaTorresTramandaiXangri-Lá
Bairro:
Bairros  
Bairro:
Bairros  
Selecione uma cidade
Busca por código:
Faixa de valores:
Dormitórios
Suítes
Banheiros
Vagas
Imóvel Mobiliado

Novidades

Como manter seu pet em condomínios e apartamentos

– Enviado em 05/10/2015

É comprovado que quem tem afeto e carinho por algum bichinho, se sente mais feliz. Porém um animal de estimação requer planejamento. Para as pessoas que moram em lugares como condomínios e apartamentos, por exemplo, os cuidados devem ser redobrados.

Primeiro, procure conhecer as regras do lugar onde você vive e se informe sobre as condições necessárias para ter um animalzinho no novo lar. Em segundo lugar verifique qual a raça que mais se encaixa com o ambiente em que você vive. Animais de porte médio e grande não se adaptam muito bem a apartamentos.

Confira mais estas três dicas importantes para ter uma boa convivência com o seu animal de estimação e seus vizinhos:

1. Elevador: é preciso tomar alguns cuidados especiais para manter o ambiente sempre higiênico para todos os moradores. Na maioria dos prédios, a regra básica é que o animal só pode utilizar o elevador se estiver no colo do seu dono, e de preferência no elevador de serviço.

2. Barulho: É da natureza dos animais emitirem sons para se expressar e se comunicar, e impedir isso é quase impossível. Porém, alguns cuidados podem ser tomados para evitar transtornos com a vizinhança. Em primeiro lugar, é preciso analisar as causas do barulho (com fome, entediado, assustado ou até mesmo estressado). Ensinar o comando “quieto” desde filhote também pode evitar diversos problemas. O que também ajuda muito é passear com o seu animal diariamente pelo menos duas vezes por dia para controlar a ansiedade e tensão do seu bichinho.

3. Sujeira: é questão de higiene e educação que o dono se responsabilize pela sujeira deixada pelos animais, seja em lugares públicos ou privados. O indicado é todas as vezes que sair para passear com seu bichinho levar uma pá e um saquinho para recolher as necessidades deixadas no local.

4. Passeio: passear várias vezes ao dia com o seu pet é valido para diminuir o estresse do animal e a sujeira deixada no seu apartamento. Crie uma rotina, por exemplo, passeie de duas a três vezes por dia. Assim como nós, seres humanos, os animais também se adaptam a rotinas diárias.

Para quem é dono de algum animal de estimação e pretende viver em harmonia com a vizinhança, a melhor maneira de prevenir possíveis transtornos é respeitando o espaço do outro e as suas necessidades do bichinho.

« Voltar para novidades

Blog

7 Dicas para a mudança de casa ou apartamento

Organizar uma mudança não é uma tarefa tão simples, além de ser um pouco chata! Por isso, separamos algumas dicas para[...]
Leia mais...

VÍDEO | Quanto mais alto é o andar do apartamento mais caro ele fica

O especialista e fundador dos sites Canal do Crédito e Resale, Marcelo Prata, fala sobre o valor agregado no imóvel de[...]
Leia mais...

Mudanças em Taxas aproximam você da Casa Própria

      Após 17 meses de congelamento das taxas de juros e consecutivas reduções no limite para financiamento de imóveis,[...]
Leia mais...
Rua Visconde de Pelotas, 381, Centro - Caxias do Sul / RS
54 3289 2900